Royal Canin Brasil Newsletter Gato - Filhote Os gatos sentem gosto igual os humanos?

Gato - Filhote

Os gatos sentem gosto igual os humanos?

Os gatos sentem gosto igual os humanos?

Embora o olfato seja muito mais desenvolvido nos carnívoros domésticos do que no homem, o mesmo não ocorre com o paladar.
O paladar é uma sensação percebida devido ao estímulo de receptores (células sensoriais) situados principalmente na língua, mas também em toda a cavidade bucofaríngea. Desta forma, o animal é capaz de avaliar a palatabilidade de um alimento e inclusive recusar um produto tóxico, caracterizado, em geral, por um amargor. O sentido do paladar estimula secreções salivares, pancreáticas e gástricas e fornece uma sensação de bem-estar. O número de receptores gustativos varia muito de espécie para espécie. O cão possui muito mais do que o gato, porém, muito menos do que o homem. O gato compensa esta “desvantagem” por ter o olfato muito desenvolvido.
Número de receptores gustativos em função da espécie:
Frango: 24
Pato: 200
Gato: 473
Cão: 1706
Homem: 9000
Porco: 15000
Cabra: 15000
Coelho: 17000
Bezerro: 25000
Os sabores
Atualmente, acredita-se que os carnívoros domésticos conseguem distinguir quatro sabores – o doce, o ácido, o salgado e o amargo – mas este postulado ainda é muito teórico. De qualquer forma, acaba sendo prático para se estudar a sensibilidade aos sabores. Os estudos realizados analisam os comportamentos de preferência do gato entre os diferentes alimentos.
- Sabor doce: ao contrário dos demais mamíferos, o gato é muito pouco sensível ao sabor doce. Não faz nenhuma diferença entre água e uma solução doce, mas se o açúcar estiver dissolvido em uma solução salgada, ele prefere esta última. Na verdade, acredita-se que o gato possui fibras gustativas sensíveis à água que mascarram os sabores doces.
- Sabor ácido: se a acidez for elevada, o animal recusa o alimento.
- Sabor salgado: o gato tem um limiar de percepção do sabor salgado mais alto do que o de outras espécies; tolera bem os alimentos salgados.
- Sabor amargo: o gato é muito sensível a este sabor, que caracteriza a maioria das substâncias tóxicas.
Diversos fatores podem modificar a natureza das percepções gustativas: a idade diminui a sensibilidade do paladar, algumas doenças podem modificá-lo (porém, só há estudos realizados com o homem). Além disso, certos medicamentos, como as tetraciclinas, também podem alterar o paladar. Com respeito ao próprio alimento, observa-se que um ligeiro aquecimento do alimento úmido favorece seu consumo. Acredita-se que o aquecimento diminui a sensibilidade ao salgado e ao amargo.

  • facebook
  • youtube
  • instagram