Renal

 

Doença Renal Crônica:
meu pet precisa
de um check-up?

Vídeo Produtos

Afinal,
o que é a doença renal crônica?

A doença renal crônica é um problema comum em gatos e cães adultos e idosos.
Seus rins tornam-se incapazes de concentrar a urina normalmente, provocando um aumento na frequência de urina e na ingestão de água.
Além disso, os rins perdem a capacidade de filtrar o sangue, resultando no acúmulo de resíduos e toxinas que podem prejudicar a saúde do animal.

As principais funções dos rins
Os rins dos seus pets desempenham inúmeros papéis, tais como:

O que causa a doença renal nos gatos e cães?

A causa da doença renal
crônica em gatos e cães é
muitas vezes desconhecida

Infecções, toxinas, problemas de formação e distúrbios hereditários podem ser algumas das possibilidades.

Como saber se meu pet está com
problemas renais?

Os sintomas da doença renal crônica em gatos e cães só tornam-se perceptíveis a partir de 75% de perda de função renal.

Ao notar qualquer um dos sinais abaixo, consulte um médico-veterinário imediatamente.

> Náusea, vômitos, diarreia, falta de apetite e perda de peso, em função do acúmulos de toxinas no corpo

> Sede excessiva e desidratação, além do aumento na frequência e quantidade de urina

> Perda de peso por conta da falta de apetite

CONVERSE COM O MÉDICO-VETERINÁRIO SOBRE UM CHECK-UP PRECOCE
O diagnóstico pode ser feito a partir de 25% de perda de função renal e o tratamento iniciado com antecedência pode ajudar a prolongar e melhorar a qualidade de vida de seu pet.

Nutrição desenvolvida para o tratamento
da doença renal crônica

Benefícios para o seu pet

Estímulo do apetite <
Retardo na evolução da doença <
Melhora na qualidade de vida <
Versões úmidas para todos os apetites <

Com uma nutrição recomendada por médicos-veterinários, como as dietas RENAIS da ROYAL CANIN®, é possível retardar a evolução da doença de forma considerável, melhorando a qualidade de vida de seu gato ou cão.

Pets com doença renal crônica costumam perder o apetite e, com isso, perdem muito peso.

Pensando nisso, a linha RENAL foi formulada para oferecer diferentes texturas e aromas que ajudam a garantir a palatabilidade e o consumo alimentar adequado do gato ou cão. Essas dietas podem ser alternadas por outra da mesma linha, permitindo que você tenha outra opção nutricional para o pet.

Alimentando o PET
com doença renal crônica

Essa dicas vão ajudar a alimentar o seu animal durante o tratamento da doença:

> Siga as recomendações do médico-veterinário

Alimente seu pet apenas com as dietas renais da ROYAL CANIN®
recomendadas por esse profissional e nada mais!

É importante que todos fiquem atentos: oferecer outros alimentos, como petiscos e guloseimas, podem diminuir o efeito do tratamento, portanto, o pet deve se alimentar apenas com a dieta especial.
Lembre-se que você pode combiná-las quando o seu pet perder o apetite pelo alimento antigo.

Existem até 5 opções de utilização das dietas renais, tanto para gatos quanto para cães.


Saiba como fazer a
transição alimentar do pet

A transição para a nova alimentação deve ser feita aos poucos, aumentando a proporção da dietal renal da ROYAL CANIN na mistura ao longo do tempo, até que a dieta tenha sido 100% trocada.
Siga a recomendação abaixo:

A doença renal é uma doença silenciosa. Converse com seu médico-veterinário sobre o check-up precoce.

  • facebook
  • youtube
  • instagram