Qual raça? - Royal Canin

Qual raça?

Qual raça escolher?

Sempre dominado pela harmonia e equilíbrio das formas, pela impressão de maleabilidade emanada de seu corpo, a aparência deste  pequeno felino doméstico – o gato – oferece um vasto panorama reforçado pela diversidade genética da espécie. As raças e cores se combinam para o deleite dos amantes de gatos.

Cerca de sessenta raças felinas são reconhecidas pelas diferentes federações. Os padrões destas raças descrevem a história, a aparência física e o caráter de cada uma. Pequeno ou grande, esbelto ou robusto, a morfologia do gato se enquadra em um dos três seguintes tipos, e dos quais todas as faixas intermediárias são possíveis.

Longilíneo, mediolíneo ou brevilíneo?

Raças: uma questão de aparência e temperamento

Uma tendência bem generalizada, mas frequentemente observada é: quanto mais longilíneo o gato, mais ativo ele é. Quanto maior e mais robusto, mais tranqüilo e bem comportado ele é. Naturalmente, isto não passa de uma tendência, mitigada por todas as variações individuais.

Gatos ativos: têm o corpo tubular, cabeça longa e orelhas grandes levantadas em direção a tudo que move. Sob a chamada morfologia "oriental" e seus músculos magros como os dos greyhounds, esconde-se um temperamento inflamável. O Siamês, o Balinês, os Orientais, o Mandarin e o Cornish Rex são gatos muito carinhosos, falantes e muito apegados ao dono. Entre estes gatos ativos que odeiam se sentir sozinhos, também estão o Sphynx, o Bengal, o Abissínio.

Gatos robustos e de temperamento moderado: têm um corpo atlético e músculos fortes. O equilíbrio e a moderação são seu ponto forte. Dotados com um temperamento constante e agradável, estão sempre presentes, mas sem serem invasivos. Tais como o Chartreux, Europeu, Burmese, Mau Egípcio e os Devon Rex de pelo ondulado.

Gatos robustos e gentis: são fortes e grandes. Como se tivessem consciência de sua importância, sua força só se iguala a sua gentileza. Podem ser fofos, como os British Shorthair ou o Exotic Shothair, gigantes como o Maine Coon, o Norueguês, o Siberiano e o Ragdoll. Alguns podem ser dotados com uma pelagem longa que exige manutenção diária, como o Persa, ou manutenção quinzenal, como o Sagrado da Birmânia. Estes gatos fortes e calmos amam a companhia do homem, mas nem por isso se tornam simples brinquedinhos de pelúcia.

De pelo longo ou curto?

Embora não haja nenhuma explicação científica para este fenômeno, nota-se que nas raças em que há uma variedade de pelo curto e uma variedade de pelo longo, os indivíduos de pelo longo são mais tranquilos do que os de pelo curto. O melhor exemplo disto é a diferença entre o Persa e o Exotic Shorthair, que é simplesmente um persa de pelo curto.

  • facebook
  • twitter
  • youtube