Mantendo-o saudável - Royal Canin

Mantendo-o saudável

Mantendo-o saudável

Cuidados simples e constantes para a manutenção de seu bem-estar e de sua saúde

O filhote deve receber cuidados regulares de higiene que mantenham sua saúde. Estes simples cuidados asseguram seu bem-estar e geram momentos de proximidade, já que os primeiros medos se dissiparam.

Se bem socializado, o filhote adotado com mais de oito semanas de idade já estará acostumado com o manejo. No entanto, os donos podem se sentir desconfortáveis com sua falta de prática ao ter que abrir o maxilar ou aparar as garras de seu animal. A princípio, o animal  pode se mostrar muito inquieto, contudo, sessões curtas, suaves e repetidas, rapidamente tornarão este ritual mais fácil. Na verdade, mesmo que o gato seja um animal muito limpo, ele deve receber cuidados regulares por toda a vida a fim de conservar sua saúde.

Uma pelagem brilhante

Uma pelagem bem tratada significa pelo escovado e livre de todos os pelos mortos. Com os pelos longos, tal como os do Persa, o cuidado é obrigatório e deve ser feito diariamente. O pelo deve ser desembaraçado com um pente e então escovado e arejado. Com os pelos curtos e lisos, tal como o do Siamês ou do Abissínio, bastar usar a mão. Os pelos de comprimento médio-comprido, tal como o do Maine Coon ou o do Sagrado da Birmânia, exigem escovação semanal. O mesmo serve para os de pelos curtos com subpelo, tal como o Exótico de Pelo Curto.

Fique de olho

Impurezas podem se acumular no canto interno dos olhos, especialmente no Persa. Portanto, limpe-os suavemente com uma compressa umedecida com uma solução especial para este fim. Os gatos não devem apresentar secreções nem nos olhos e nem no nariz.
Você deve acostumá-lo desde muito jovem a um cuidado muito recomendado para a higiene bucal: a escovação dos dentes, que limita a formação da placa bacteriana. Para isto, passe uma compressa dobrada nos dentes.
As orelhas não devem abrigar sujeira de nenhum tipo. Se precisar, use uma compressa ou algodão umedecido com uma solução especial. Não use cotonetes.

Garras

Aparar as garras do filhote não é de forma alguma uma mutilação. Ao contrário, as garras aparadas têm a vantagem de diminuir possíveis arranhões entre os gatos que vivem dentro de casa. Para fazer isto de forma mais fácil, o filhote deve ser embrulhado numa toalha onde apenas a cabeça e a pata que será manuseada fiquem para fora. Usando um cortador de unhas ou uma tesoura para esse propósito, pressione suavemente a última falange para tirar uma garra após a outra. Você deve cortar apenas a parte translúcida da garra, sem tocar a parte cor-de-rosa que sangra, e não se esqueça do quinto dedo (ergôs) das patas dianteiras!

Tomar banho?

Um filhote que vai ser apresentando em um concurso de beleza tem sim que tomar banho!  Na verdade, sua pelagem tem que estar impecável para as mãos do juiz. Portanto, use um shampoo especial, aqueça bem o local, coloque o animal sobre um tapete antiderrapante e o molhe pouco a pouco antes de aplicar o shampoo. Depois do enxágue, seque-o gentilmente com uma toalha e mantenha o lugar aquecido até que todo pelo esteja seco.
Mediante qualquer mudança na aparência ou no comportamento do filhote, leve-o o quanto antes ao veterinário.

  • facebook
  • twitter
  • youtube