Cães de assistência

Cães de assistência

Para algumas pessoas, o cão é um companheiro para todas as horas que lhes proporciona uma ajuda essencial. Estes cães foram treinados para ajudar deficientes físicos, deficientes auditivos e também para orientar os deficientes visuais.

Cães de assistência para deficientes físicos

Estes cães pertencem a raças selecionadas por sua calma, por serem dóceis e pela capacidade de aprender comandos, como o Labrador Retriever e Golden Retriever. Seu treinamento é realizado em várias etapas. O filhote é primeiramente colocado em uma família que cuida de sua formação e lhe ensina a obedecer, com a ajuda de um centro de treinamento canino. Depois, em uma associação especializada, o cão começa o treinamento que irá capacitá-l a ajudar uma pessoa com mobilidade reduzida. No final desse período, os cães já são capazes de responder por volta de cinquenta comandos como, por exemplo, pegar um objeto que tenha caído no chão, trazer objetos (telefone), abrir e fechar portas, acender e apagar a luz, ajuda para mover a cadeira de rodas em lugares de difícil acesso, etc.

Cães-guia

As raças usadas para este fim também são selecionados por suas qualidade de obediência e suas habilidades de aprendizagem. Estes cães são geralmente Pastores Alemães, Pastores Brancos Suíços, Flat Coat Retriever, Golden Retriever e Labradores Retriever. Os filhotes podem ser provenientes de canis altamente especializados, criados para esse propósito e que operam em colaboração com as escolas de cães-guia. Os filhotes são colocados em famílias, chamadas de "host families" (famílias hospedeiras), logo que desmamam e, em seguida, são distribuídos entre os vários centros de treinamento de cães.
O treinamento se estende por alguns meses e é dividido em vários períodos durante os quais o cão aprende principalmente a obedecer. Este consiste em exercícios simples, durante os quais o cão deve ficar em posições específicas, buscar objetos, acostumar-se a usar a guia ou o areio e a caminhar junto ao dono. Esta etapa é realizada exclusivamente por um instrutor. É na fase seguinte que o cão aprende a evitar obstáculos de todos os tipos e avisar seu dono sobre eles. Este é o momento mais difícil em todo o período de treinamento. O cão é então confiado a uma pessoa com deficiência visual, que terá que se acostumar com a presença do animal e deixar-se guiar por ele em uma variedade de percursos. Sendo assim, uma relação muito íntima se desenvolve entre a pessoa e seu animal. O instrutor serve como um elo entre os dois, atuando também como intermediário para a pessoa com deficiência visual.
Depois de alguns meses de permanência no centro de treinamento de cães-guia, o binômio deficiente visual/ cão está pronto para enfrentar a vida cotidiana por vários anos.

Cães para deficientes auditivos

Existem vários centros envolvidos no treinamento desse tipo de cão em todo o mundo, especialmente nos Estados Unidos, na Inglaterra e na Holanda.
A grande maioria destes cães são das raças Golden Retrievers, mas também há Welsh Corgis e Colies de Barba. Com oito semanas de vida e até um ano de idade, eles vivem com as host families, se possível com crianças, onde recebem treinamento e aprendem a se adaptar aos mais variados locais (o supermercado da cidade, parques ... ). O cão, em seguida, retorna ao centro de treinamento para realmente aprender sua futura função.
Aqui a seleção da raça se mostra fundamental,  pois a capacidade dos cães em aprender deverá ser colocada à prova: eles vão ter que aprender mais de 70 comandos verbais e 20 movimentos corporais. Além disso, a voz de uma pessoa surda ou com deficiência auditiva é bastante diferente em termos de tom e dicção, o que exige um esforço adicional de adaptação.
Os cães de assistência para um surdo-mudo necessitam de dois anos de aprendizagem ao invés de um. O treinamento do cão consiste principalmente em fazê-lo reagir a certos ruídos para avisar seu dono. Por exemplo, ele deve pular em cima da cama assim que o despertador tocar, puxar a perna da calça de seu dono quando alguém tocar a campainha, ou suavemente tocar sua mão para avisá-lo de uma visita inoportuna. Para a pessoa beneficiada, essa ajuda, muitas vezes representa a ruptura com uma certa forma de isolamento.

Videos

Assistance Dogs

The dog’s ability to learn, the gentleness and patience of certain breeds have made for an extraordinary development of his role in providing sensory support to visually impaired or hearing impaired people and have enabled to improve their integration into personal or professional life.

  • facebook
  • youtube
  • instagram